Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/ri/2736
Tipo: masterThesis
Título: O estranho na transcriação cinematográfica de Luchino Visconti para O estrangeiro, de Albert Camus: uma análise da abertura fílmica
Título(s) alternativo(s): The stranger in the cinematografic transcreation by Luchino Visconti for The stranger by Albert Camus: an analysis of filmic opening scene
Autor(es): Martins, Ana Cláudia Sampaio
Resumo: Esse trabalho discute as diferentes representações de estranho nas narrativas L’Étranger, de Albert Camus, e Lo straniero, de Luchino Visconti. Para tanto, nossa reflexão baseia-se nos preceitos elencados por Tiphane Samoyault sobre o conceito de intertextualidade de modo a entender como as obras artísticas se relacionam. Pensamos, ainda, o significado de adaptação a partir das proposições feitas por Linda Hutcheon. Sob essas perspectivas, discutimos questões referentes às teorias do estranho de Julia Kristeva e Bernhard Waldenfels em relação ao recorte proposto das narrativas – o incipit do romance camusiano e a abertura fílmica da película de Visconti. Desse modo, fazemos a análise do comportamento estranho da personagem principal das narrativas literária e fílmica, Meursault, a fim de problematizar a hipótese da pesquisa, que busca entender se a narrativa fílmica é capaz de restituir o estranhamento do romance desde a sua abertura.
Abstract: This study discusses the differents representation of alien in the narratives L’Étranger by Albert Camus and Lo straniero by Luchino Visconti. Therefore, our reflection is based on the precepts chosen by Tiphane Samoyault about the concept of intertextuality in order to understand how the works relate. We also consider the meaning of adaptation by the proposition of Linda Hutcheon. Under this perspective, we discuss the issues concerning the theory of alien of Julia Kristeva and Bernhard Waldenfels in the narratives thematic focus – the incipit from the novel and the opening scenes of Visconti’s film. Thereby, we analysis the alien behavior of the main character in the literary and filmic narratives, Meursault, in order to discuss the hypothesis of the research that seeks to understand if the filmic narrative is able to repay the strangeness of the novel since the opening.
Palavras-chave: L’Etranger
Albert Camus
Lo straniero
Luchino Visconti
O estranho
The stranger
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA COMPARADA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Pelotas
Sigla da Instituição: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Centro de Letras e Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras
Citação: MARTINS, Ana Cláudia Sampaio. O estranho na transcriação cinematográfica de Luchino Visconti para O estrangeiro, de Albert Camus: uma análise da abertura fílmica. 2015. 91 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Letras, Centro de Letras e Comunicação, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2015.
Tipo de Acesso: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br/handle/ri/2736
Data do documento: 28-Out-2015
Aparece nas coleções:Pós-Graduação em Letras: Dissertações e Teses

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
O estranho na transcrição cinematográfica de Luchino Visconti para O estrangeiro, de Albert Camus.pdfDissertação Ana Cláudia Sampaio Martins1,51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons