Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/6800
metadata.dc.type: book
Title: Guia de boas práticas em pesquisa científica na UFPel
Authors: Rombaldi, César Valmor
Demarco, Flávio Fernando
Correa, Marcos Britto
Cenci, Maximiliano Sérgio
Castro, Rafael Vetromille
Wieth, Vicente Gomes
Campos, Vinicius Farias
Abstract: Embora seja redundante, não se exagera em reiterar que a Universidade, na sua missão de proporcionar oportunidades para que as pessoas desenvolvam suas capacidades transformadoras, tem a pesquisa como instrumento de ensino, de construção de conhecimento, de tecnologia e de inovação, e é o meio de diálogo às provocações e demandas emanadas pela sociedade, e de compreensão de fenômenos que transcendem questões pragmáticas da sociedade. Assim, é importante dar memória ativa, atualidade, importância e relevância aos conceitos e princípios alicerçadores das boas práticas na pesquisa. Esses mesmos diálogos e valores são válidos em todas as atividades de ensino e extensão. A priori, e por essência, a cultura e o exercício da ciência são o equilíbrio e a saúde da Universidade. O pensar, discutir e estudar fenômenos, simples e complexos, suas origens e impactos, suas compreensões e desdobramentos, cartesianos(as) ou não, constituem a base conceitual dos projetos de pesquisa putativamente causadores de transformação científica, tecnológica, econômica, artística, cultural, social e política. É a liberdade em pensar e agir cientificamente que dá energia e autoestima ao sistema de formação de pessoas, de fazer pesquisa científica e/ou tecnológica e/ou artística e/ou sócio-cultural, como instrumento de diálogo da extensão com o ensino. É com base no pressuposto da dedicação científica, da ética e da honestidade intelectual que a ciência se faz expressar através da pesquisa. Porém, no quotidiano de nossas atividades, na toada dos sistemas vigentes, há necessidade de se trazer novamente à apreciação como a Instituição atuará para a preservação desses valores. Assim, esse texto tem a pretensão de chamar a comunidade da UFPel, especialmente seus servidores, docentes e técnicos-administrativos em educação, e discentes de graduação e de pós-graduação, para um diálogo acerca dos principais pontos conceituas para as boas práticas científicas na pesquisa. Está-se, aqui, objetivando abordar conceitos e princípios básicos da pesquisa, seja ela realizada por dentro dos projetos político-pedagógicos dos cursos de graduação ou de pós-graduação, ou por programas institucionalizados, como é o caso da Iniciação Científica, Cursos e Programas de Pós-Graduação ou Projetos Unificados. Nesse contexto, com esse referencial se pretende apresentar a importância das boas práticas da pesquisa em relação à concepção de projetos, conflitos de interesse, autoria, conduta na pesquisa, divulgação da pesquisa, dos resultados e do conhecimento, e suas repercussões. O presente documento não tem a pretensão da originalidade no seu conteúdo, já que é estruturado em conceitos já publicados por agências, fundações e organizações reconhecidas em âmbito nacional e internacional.
Keywords: Pós-graduação
Pesquisa
Guia de boas práticas
metadata.dc.language: por
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
Citation: UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS. Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação. Guia de boas práticas em pesquisa científica na UFPel. Pelotas: 2020.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/6800
Issue Date: 2020
Appears in Collections:PRPPGI: Capítulos de livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Guia-de-Boas-Praticas-em-Pesquisa-Cientifica-na-UFPel.pdf1,98 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons