Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/6411
metadata.dc.type: doctoralThesis
Title: Entre o silenciamento naturalizado e o eco escolar da comunidade LGBTQ+: a emergência da existência/resistência do NUGED – IFSUL
Other Titles: BETWEEN NATURALIZED SILENCE AND THE SCHOOL ECO OF THE LGBTQ + COMMUNITY: the emergence of NUGED - IFSul's existence/ resistence.
metadata.dc.creator: Alves, André Nogueira
metadata.dc.contributor.advisor1: Freitas, Letícia Fonseca Richthofen de
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa tem por objetivo analisar os efeitos de sentido produzidos em três entrevistas narrativas a respeito do NUGED – Núcleo de Gênero e Diversidade – do IFSul câmpus Pelotas. O campo teórico deste trabalho tem por base a Linguística Aplicada Indisciplinar, a Teoria Queer, os Estudos da Diferença, o Currículo e estudos da narrativa, os quais permitem o atravessamento de fronteiras em uma posição reflexiva em relação à materialidade linguística apresentada nas entrevistas narrativas, cujo conteúdo temático transitou de discursos de discriminação, discursos de intolerância, tendo por resultado a LGBTfobia em relação à existência LGBTQ+ a discursos de visibilidade e representatividade LGBTQ+ em um espaço escolar delimitado: IFSul câmpus Pelotas. Por ter como objetivos investigar/compreender os efeitos de sentido produzidos pelo NUGED no câmpus – Pelotas, o enfoque metodológico é uma abordagem qualitativa de pesquisa. Como instrumento metodológico, é utilizada a entrevista narrativa, uma vez que se entende que esse recurso seja o mais adequado para a compreensão do discurso, não só para tornar público o que pensam e sentem as colaboradoras em relação à experiência com o núcleo, mas também é uma forma de difundir o conhecimento produzido no cotidiano educativo, considerando o espaço onde o NUGED está inserido. O uso de narrativas como estratégia de investigação, para essa pesquisa, deve-se ao fato de ter como intenção a sistematização das experiências vividas pelas informantes no contexto do IFSul – câmpus Pelotas. Por intermédio das informações concedidas por estes sujeitos de pesquisa, são relacionados conhecimentos sobre o que os atores sociais sabem, como produzem seus saberes, como transmitem o saber produzido a respeito do NUGED como elemento institucional, ou seja, os efeitos de sentido que forjam o NUGED. Com isso, essas buscas identificam os conhecimentos utilizados no desenvolvimento de práticas pedagógicas (in)formais e a forma como se dá a construção desses conhecimentos. Esse tipo de pesquisa oportuniza ao pesquisador a compreensão do processo de formação vivenciado pelo sujeito informante. O efeito mais contundente que o NUGED traz para o câmpus Pelotas é o da desacomodação de comportamentos, de rotinas institucionais e de discursos. O não falar da instituição sobre pessoas LGBTQ+ leva esse grupo a uma categoria de silêncio e o coloca em um currículo oculto. As ações do núcleo contribuem para que vidas de estudantes LGBTQ+ sejam incluídas e deixem o estigma da precariedade.
Abstract: This research aims to analyze the effects of meaning produced in three narrative interviews about the NUGED - Gender and Diversity Center - IFSul campus Pelotas. The theoretical field of this work is based on Indisciplinary Applied Linguistics, Queer Theory, Difference Studies, Curriculum and narrative studies, which allow the crossing of borders in a reflective position in relation to the linguistic materiality presented in the narrative interviews, whose thematic content moved from speeches of discrimination, speeches of intolerance, resulting in LGBTphobia in relation to the existence of LGBTQ + to speeches of visibility and LGBTQ + representation in a delimited school space: IFSul campus Pelotas. As it aims to investigate / understand the effects of meaning produced by NUGED on the campus - Pelotas, the methodological approach is a qualitative research approach. As a methodological instrument, the narrative interview is used, since it is understood that this resource is the most appropriate for the understanding of the discourse, not only to make public what the collaborators think and feel about the experience with the nucleus, but also it is a way of spreading the knowledge produced in the educational routine, considering the space where NUGED is inserted. The use of narratives as an investigation strategy for this research is due to the fact that it intends to systematize the experiences lived by the informants in the context of the IFSul - Pelotas campus. Through the information provided by these research subjects, the knowledge about what the social actors know, how they produce their knowledge, how they transmit the knowledge produced about NUGED as an institutional element, that is, the effects of sense that forge NUGED. Thus, these searches identify the knowledge used in the development of (non) formal pedagogical practices and the way in which this knowledge is constructed. This type of research allows the researcher to understand the training process experienced by the informant. The most striking effect that NUGED brings to the Pelotas campus is the discomfort of behavior, institutional routines and speeches. The institution's failure to speak about LGBTQ + people leads this group to a category of silence and places it on a hidden curriculum. The actions of the nucleus contribute so that the lives of LGBTQ + students are included and leave the stigma of precariousness.
Keywords: Letras
Escola
Currículo
Heteronormatividade
LGBTfobia
Núcleo de gênero e diversidade
School
Curriculum
Heteronormativity
LGBTphobia
Core of gender and diversity
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::PSICOLINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Centro de Letras e Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras
Citation: ALVES, André Nogueira. ENTRE O SILENCIAMENTO NATURALIZADO E O ECO ESCOLAR DA COMUNIDADE LGBTQ+: a emergência da existência/resistência do NUGED – IFSUL. 2019. 217f. Tese (Doutorado em Letras) - Programa de Pós-Graduação em Letras, Faculdade de Letras, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2019.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/6411
Issue Date: 26-Feb-2020
Appears in Collections:PPGL: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_Andre_Nogueira_Alves.pdf3,51 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons