Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5411
metadata.dc.type: doctoralThesis
Title: Pedagogia da alteridade: o ensino como acolhimento ético do outro e condição crítica do saber
Other Titles: Pedagogy of otherness: the teaching process as an ethical host of the other and the knwoledge critical condition in Levinas
metadata.dc.creator: Alves, Marcos Alexandre
metadata.dc.contributor.advisor1: Ghiggi, Gomercindo
metadata.dc.description.resumo: Este estudo expõe o pano de fundo fenomenológico a partir do qual se elabora o conceito levinasiano de ensino. Explicita em que medida o referido conceito não só representa uma crítica ética ao predomínio do saber, mas também que o ensino é o móbil fundamental da atividade teórico-crítica, necessária à filosofia e à educação. Sustenta que o ensino, em sentido levinasiano, é uma instância metafísica, mediante a qual Levinas coloca em questão a primazia da atitude intelectual e da auto-reflexão do logos filosófico no campo educativo. Porém, este questionamento, antes de ser a negação do teórico, é a sua própria condição. Assim, o ensino é o movimento que inverte o para-si em para-o-Outro, efetivando-se como transcendência ética ou abertura à alteridade. A tese deste trabalho consiste em mostrar que, na filosofia de Levinas, há uma Pedagogia da alteridade, concebida como ensinamento ético enquanto acolhimento da fala de Outrem e condição crítica do saber. Esta modalidade docente se torna condição de possibilidade para a reconstrução do sentido (orientação) ético da subjetividade. A fala docente enquanto relação ao Outro é uma relação respeitosa, uma relação ética, e esta fala acolhida é um ensinamento. Porém, este ensinamento não surge da maiêutica, vem do exterior, do Outro e traz mais do que o eu contém em si mesmo. Deste modo, o ensino enquanto relação inter-humana se apresenta como constitutivo do mundo social, cultural e intelectual. Portanto, a educação, entendida como relação constitutivamente ética, rompe com a tirania da totalidade e se abre à transcendência. Isto significa que o propriamente humano começa com o cuidado do Outro, e ter este cuidado significa responder fecundamente ao apelo que vem do rosto de Outrem.
Abstract: This study exposes the phenomenological background from which the Levinasian concept of education is elaborated. It shows to which extent the concept not only represents an ethical critique to the dominance of knowledge, but also that education is the essential motive to the theoretical-critical activity, needed to philosophy and education. This work argues that education, in Levinasian sense, is a metaphysical instance, by which Levinas calls into question the primacy of intellectual attitude and the self-reflection of the philosophical logos in the educational field. However, this questioning, before being denied by theory, is its own condition. Thus, teaching is the movement that reverses itself to the for-the-Other, affecting it as ethical transcendence or openness to otherness. The thesis of this work is to show that in the philosophy of Levinas, there is the pedagogy of otherness, conceived as ethical teaching while welcoming of speech of others and as the knowledge critical condition. This teaching modality becomes a condition of possibility for the reconstruction of orientation of ethical subjectivity. The teacher speech as in relation to the other is a respectful relationship, an ethical relationship, and this speech is a welcome teaching. However, this teaching does not stem from maieutic, it comes from the exterior, and the other brings more than one contains in itself. This way, teaching as inter-human relationship is presented as constitutive of the social, cultural and intellectual world. So, the education understood as a constitutively ethical relation breaks the tyranny of totality and opens itself to transcendence. This means that the human begins with proper care of the other, and have fruitfully this care means responding to the call that comes in the face of another.
Keywords: Levinas
Educação
Ensino
Ética
Alteridade
Education
Teaching
Ethics
Otherness
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: ALVES, Marcos Alexandre. Pedagogia da alteridade: o ensino como acolhimento ético do outro e condição crítica do saber. 2011. 200f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Pelotas - UFPEL, Pelotas.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5411
Issue Date: 2011
Appears in Collections:PPGE: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Marcos_Alexandre_Alves.pdf1,09 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons