Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4858
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Agricultura familiar e sucessão hereditária: estudo de caso no município de Morro Redondo, RS
metadata.dc.creator: Costa, Maria Regina Caetano
metadata.dc.contributor.advisor1: Anjos, Flávio Sacco dos
metadata.dc.description.resumo: A agricultura familiar reúne uma diversidade de situações e, para sua reprodução, é obrigada a lançar mão de estratégias adequadas às condições do meio no qual está inserida. Em se tratando do processo sucessório, esta situação não é diferente. Atualmente o número de filhos é menor e o êxodo rural atinge os estratos mais jovens da população. Esse quadro acarreta o envelhecimento da população, ao qual soma-se um crescente processo de masculinização em face do predomínio feminino nos fluxos migratórios. Mas o cenário atual reserva outras mudanças e dificuldades em relação à sucessão hereditária na Agricultura Familiar. Elas decorrem dos obstáculos que experimentam certas explorações de encontrar sucessores diante do menor número de filhos ou do desinteresse de muitos jovens de assumirem a condição de agricultor. Não são incomuns as situações de conflitos, em que pese ser esse um momento crucial na trajetória de muitas famílias rurais. Por essa forma, a realidade atual evidencia um novo cenário no qual modificam-se totalmente os quadros de referência que orientavam as escolhas dos agricultores. As atividades agropecuárias sofreram mudanças de grande importância tais como: a urbanização do campo, a queda das rendas agrárias e outros fatores que conjuntamente contribuem para a crise de perspectivas a que se acham submetidas muitas famílias rurais. O presente estudo examina essas questões à luz de recente pesquisa interinstitucional realizada pelo Departamento de Ciências Sociais Agrárias da UFPel e o Programa de Pós-graduação da UFRGS envolvendo a aplicação de 62 questionários e a realização de 33 entrevistas semi-estruturadas. A partir da análise das informações e com base na teoria específica foi possível observar uma crise de expectativas na agricultura familiar do município de Morro Redondo. Quanto à sucessão hereditária, é possível revelar que além das mulheres os homens também estão deixando o campo, em busca de melhores expectativas de vida. A educação continua servindo como passaporte para aqueles que tem intenção em deixar a propriedade familiar. Diante da falta de perspectivas profissionais para os jovens, torna-se cada vez mais difícil encontrar um sucessor para as unidades familiares.
Abstract: Familiar agriculture joins different situations and for its reproduction must get adequate strategies according to the environment where it is inserted. About succession process, this situation is not different. Nowadays the less quantity of children and rural exodus reach the youngest population stratus. Because of that the population grows older, added to a crescent process of masculine predominance because of feminine predominance in migratory flows. But the present scenery reserves other changes and difficulties about hereditary succession in familiar agriculture. This happens because certain properties suffer obstacles to find successors before the less quantity of children or the disinterest of young people to assume their farmer condition. It is not rare the appearance of conflictive situations, although this is a crucial moment of several rural families trajectory. In this way the reality nowadays shows new scenery where the reference that guided farmer’s choices changes totally. Agrarian activities suffered very important changes like: country urbanization, low agrarian returns and other factors that together contribute for the crisis of expectations that several rural families have. This work examines these questions considering a recent inter-institutional investigation done by UFPel's Agrarian Social Sciences Department and the UFRGS´ Postgraduate Program that involved the application of 62 questionnaires and did 33 semi-structured interviews. Base on analysis information and specific theory was possible to observe an expectation crisis in familiar agriculture at Morro Redondo County. About hereditary succession, is possible to reveal that beyond women, the man are leaving the farmers too, searching for better way of life. The education continues to serve as a passport for those who want to leave the familiar property. Because of absence of professional opportunities for young people, becomes more and more difficult to find a successor for familiar unities.
Keywords: Agricultura familiar
Sucessão hereditária
Sociologia rural
Familiar agriculture
Hereditary succession
Rural sociology
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Citation: COSTA, Maria Regina Caetano. Agricultura Familiar e Sucessão Hereditária: Estudo de Caso no município de Morro Redondo, RS. 2006. 124f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Agronomia. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4858
Issue Date: 25-Aug-2006
Appears in Collections:PPGA: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Maria_Regina_Costa.pdf682,4 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons