Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4852
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Avaliações agronômicas de amoreira-preta em diferentes densidades de plantio
Other Titles: Agronomic evaluations of blackberry in different densities
metadata.dc.creator: Finkenauer, Daiana
metadata.dc.contributor.advisor1: Antunes, Luis Eduardo Corrêa
metadata.dc.description.resumo: A amora-preta é uma fruta de clima temperado nativa do Continente Asiático, Europa e Américas do Norte e do Sul. O cultivo desta frutífera tem apresentado um considerável crescimento no Brasil, nos últimos anos, devido a sua boa produtividade, facilidade de manejo e rusticidade. A amoreira-preta é uma planta arbustiva de hábito ereto ou rasteiro que produz frutas agregadas. A demanda pela fruta demonstra que há grandes possibilidades de mercado no Brasil, principalmente nos estados do Sul, em São Paulo e no Sul de Minas Gerais, regiões onde as condições climáticas favorecem o cultivo desse tipo de fruta. As frutas são muito apreciadas tanto na forma in natura como nos processados. Esse trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a influência da densidade de plantio em três acessos de amoreira-preta. O experimento foi realizado no campo experimental da Embrapa Clima Temperado, Pelotas – RS, entre setembro de 2007 e janeiro de 2010. O experimento foi de blocos casualizados com quatro repetições e quatro plantas por parcela. Para compor os tratamentos utilizou-se um esquema fatorial com parcelas subdivididas: 3 (acessos – Xavante, Seleção 4 e Seleção 5) x 3 (densidades de plantio – D1 - 3,0 x 0,4 = 8.332 pl. ha-1; D2- 3,0 x 0,8 = 4.166 pl. ha-1 e D3 - 3,0 x 1,2 x = 2.777). As variáveis respostas avaliadas foram: matéria seca de poda, perfilhamento, fenologia, produtividade, massa média de frutos, análises físicoquímicas (pH, teor de sólidos solúveis SST(°Brix), acidez total titulável (ATT), SST/ATT. Não houve relação entre produtividade e vigor de planta, entre os tratamentos. Os acessos que mais produziram não foram os que mais perfilharam ou que apresentaram maior peso de massa seca de poda. Na safra 2009/2010 o início de floração foi antecipada independente do acesso e da densidade de plantio, e também obteve uma média maior em dia entre as fases fenológicas 0 a 9 em relação a safra 2008/2009. A produção e massa média de frutos foi influenciado pelos acessos independente da densidade. As variáveis pH, SST, ATT e relação SST/ATT foram influenciadas principalmente pelos acessos. A acidez total titulável (ATT) e relação SST/ATT apresentaram interação entre os fatores acessos e densidade na safra 2008/2009. A cultivar Xavante foi mais produtiva, obteve também a maior resposta para massa média de fruto, além de ser mais precoce que as seleções 4 e 5 independente das densidades.
Abstract: The Blackberry is a temperate climate fruit from Asia, Europe, North America and South America. On the last years the culture has presented a great growing in Brazil due its productivity, management facility and rusticity. The blackberry is a bush plant of erect habit or creeping that produces aggregate fruits. The requirement for this fruit shows there are great possibilities for marketing in Brazil, mainly in São Paulo and Minas Gerais, which the conditions provide the cultivation. The fruits are valued in natura as well as processed. This work aimed to evaluate the influence of plant density in three accesses of blackberry. The experiment was carried out in the experimental fields in Embrapa Clima Temperado, Pelotas-RS from September 2007 to January 2010. The experiment was arranged in a randomized block design with four repetitions and four plants per splot. A factorial 3X3 arrangement ( genotypes: Xavante, Selection 4 and Selection 5; plant density: D1 – 3.0 x 0.4 = 8332 pl. ha-1; D2- 3.0 x 0.8 = 4166 pl. ha-1 e D3 – 3.0 x 1.2 x = 2777) with split-plots was used. The variables evaluated were: dry matter, tillering, phenology, productivity, fruit weight, physic-chemical analysis (pH, total soluble solid content, total tritatable acidity, TSS/TTA). There was no relation between productivity and vigor of plant on the treatments. The accesses that more produced were not that one which more tilled or that presented the greater weight of dry matter. In the 2009/2010 season the flowering was early independent of accesses and plant density and the average was higher during phenological stages 0 and 9 than 2008/2009. The production and fruits weight was influenced by accesses and not by densities. The variables pH, TSS, TTA and TSS/TTA ratio were influenced by accesses. The TTA and TSS/TTA presented interaction between accesses and densities in the 2008/2009. The Xavante cultivar was the most productive, with highest values for weight of fruit and the earliest that selections 4 and 5 independent of densities.
Keywords: Manejo de pomar
Rubus spp
Orchard management
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Citation: FINKENAUER, Daiana. Avaliações agronômicas de amoreira-preta em diferentes densidades de plantio. 2010. 66f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4852
Issue Date: 12-Jun-2010
Appears in Collections:PPGA: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Daiana_Finkenauer.pdf3,68 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons