Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4760
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Atividade da enzima Catalase durante a fase de repouso hibernal em pereiras cultivadas na região Sul do Brasil
Other Titles: Activity of the Catalase enzyme during a hibernal rest period in pear trees cultivated in southern Brazil
metadata.dc.creator: Henz, Thiago Augusto
metadata.dc.contributor.advisor1: Farias, Paulo Celso de Mello
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Chaves, Ana Lúcia Soares
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Yamamoto, Robson Ryu
metadata.dc.description.resumo: O principal problema da expansão é a questão da adaptação dessa frutífera em condições de inverno ameno. Onde o principal problema é a questão da adaptação dessa frutífera em condições de inverno ameno. Com base nisso é fundamental o estudo que vise compreender a dinâmica da dormência, com intuito de selecionar cultivares que melhor se adaptem às condições de inverno ameno encontradas no Brasil, assim como seu comportamento fisiológico quando não houver o requerimento em número de horas de frio atendido. Portanto, objetivou-se estudar a enzima Catalase e relacionar seu comportamento com a dinâmica de três cultivares (Século XX, Shinseiki e Santa Maria), cultivadas em Pelotas, RS, visando uma melhor adaptação da cultura. . No período de maio a setembro/2017 foram realizadas coletas de segmentos de plantas adultas com x anos, contendo de duas a quatro gemas. Posteriormente esse material vegetal foi levado para o Laboratório de Bioquímica da UFPel, onde foram realizadas extrações e quantificação da enzima Catalase.O delineamento experimental utilizado foi em blocos inteiramente casualidos, com três cultivares e cinco épocas de coleta, com três repetições, sendo cada repetição constituída de três plantas. Concluiu-se que existe claramente influência do fator genético na atividade da Catalase entre as cultivares testadas e que frequentes oscilações de temperatura, características do estado do Rio Grande do Sul, são o motivo pelo qual as gemas de pera não entram em dormência profunda durante o inverno. O desenvolvimento do presente trabalho permitiu compreender que em condições de variabilidade no tempo, o ingresso das gemas ao estadio de dormência varia com a cultivar, constituindo informação importante para a tomada de decisões na seleção das cultivares.
Abstract: The main problem of expansion is the question of adapting this fruit in mild winter conditions. Where the main problem is the question of adapting this fruit in mild winter conditions. Based on this, it is fundamental to study the dynamics of dormancy, in order to select cultivars that best adapt to the mild winter conditions found in Brazil, as well as their physiological behavior when there is no requirement in the number of cold hours served . The aim of this study was to study the enzyme Catalase and to relate its behavior to the dynamics of three cultivars (20th century, Shinseiki and Santa Maria) cultivated in Pelotas, RS, aiming at a better adaptation of the culture. . In the period from May to September / 2017 collections of segments of adult plants with x years were carried out, containing from two to four buds. Later this plant material was taken to the Biochemistry Laboratory of UFPel, where extractions and quantification of the enzyme Catalase were carried out. The experimental design was completely randomized blocks, with three cultivars and five collection seasons, with three replicates, each replicate consisting of three floors. It was concluded that there is a clear influence of the genetic factor on the activity of Catalase among the cultivars tested and that frequent temperature fluctuations, characteristic of the state of Rio Grande do Sul, are the reason why the pear buds do not fall into deep dormancy during the Winter. The development of the present work allowed to understand that in conditions of variability in the time, the entrance of the gems to the dormancy stage varies with the cultivar, being important information for the decision making in the selection of the cultivars.
Keywords: Pera
Enzimas
Repouso hibernal
Metabolismo
Dormência
Pear
Enzymes
Winter rest
Metabolism
Numbness
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Citation: HENZ, Thiago Augusto Atividade da enzima Catalase durante a fase de repouso hibernal em pereiras cultivadas na região Sul do Brasil. 2019. 64 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia - Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (FAEM), Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4760
Issue Date: 11-Mar-2019
Appears in Collections:PPGA: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Thiago Henz.pdf1,51 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons