Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4569
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Déficit hídrico em plântulas de milho: aspectos morfológicos e moleculares
Other Titles: Water deficit in maize seedlings: morphological and molecular aspects
Authors: Tejeda, Luis Herminio Chairez
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Pegoraro, Camila
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Santos, Railson Schreinert dos
metadata.dc.description.resumo: O milho (Zea mays L.) é o terceiro cereal mais consumido no mundo e garantir a produtividade desta cultura sob déficit hídrico é fundamental para a segurança alimentar mundial, especialmente no contexto das mudanças climáticas globais que levam a um aumento da frequência de episódios de seca. Desenvolver variedades de milho tolerantes ao déficit hídrico é uma maneira eficaz de reduzir as perdas de produtividade. No entanto, o processo de melhoramento só é possível na presença de variabilidade genética. Variedades de milho crioulo (landraces), mantidas por pequenos agricultores, são fonte de variabilidade genética. Para o uso eficiente dessa variabilidade é necessária a caracterização da resposta dessas plantas sob condição de déficit hídrico. Ainda, estudos buscando identificar mecanismos e genes candidatos associados à tolerância ao déficit hídrico é outra estratégia para auxiliar os melhoristas. O processo de autofagia é o principal mecanismo de degradação e reciclagem de constituintes citoplasmáticos, incluindo proteínas, lipídios, ácidos nucleicos e organelas inteiras. Este mecanismo está associado à manutenção da homeostase celular, adaptação a estresse e resposta imune, além de promover morte celular programada em determinadas situações. Considerando o papel crítico da autofagia no desenvolvimento e nas respostas à estresses, uma melhor compreensão desse mecanismo em milho sob déficit hídrico pode levar a aplicações agrícolas benéficas. Com base no exposto, este estudo teve por objetivo caracterizar a resposta ao déficit hídrico em variedades de milho e estudar o perfil transcricional de genes ATG de plântulas submetidas a essa condição. Nesse estudo verificou-se que ocorre um efeito negativo do déficit hídrico na germinação e desenvolvimento inicial das plântulas quando se utiliza o potencial osmótico de -0.2 MPa, no entanto, não houve diferenças acentuadas entre as variedades avaliadas. No potencial osmótico -0.6 MPa ou superior não há condições de sobrevivência após a germinação. Considerando o perfil transcricional de genes ATG verifica-se que ocorre uma variação no comportamento e no acúmulo de transcritos dos genes de acordo com a variedade, com a condição ambiental e com o tecido analisado. Com base nos resultados obtidos pode-se sugerir que o processo de autofagia está envolvido na resposta ao déficit hídrico. Os resultados obtidos nesse estudo trazem novas perspectivas para o melhoramento de milho visando tolerância a déficit hídrico.
Abstract: Maize (Zea mays L.) is the third most consumed cereal in the world and ensure the productivity of this crop under water deficit is fundamental to world food security, especially in the context of global climate changes that lead to an increase in the frequency of episodes of drought. Developing water deficit tolerant maize varieties is an effective way to reduce yield losses. However, the breeding process is only possible in the presence of genetic variability. Varieties of creole maize (landraces), maintained by small farmers, are an important source of genetic variability. For the efficient use of this variability it is necessary to characterize the response of these plants under drought condition. Also, studies to identify mechanisms and candidate genes associated to water deficit tolerance is another strategy to help breeders. The autophagy process is the major mechanism of degradation and recycling of cytoplasmic constituents, including proteins, lipids, nucleic acids and whole organelles. This mechanism is associated with the maintenance of cellular homeostasis, adaptation to stress and immune response, besides promoting programmed cell death in certain situations. Considering the critical role of autophagy in development and stress responses, a better understanding of this mechanism in maize under water deficit can lead to beneficial agricultural applications. Based on the above, this study aimed to characterize the response to water deficit in maize varieties and to study the transcriptional profile of ATG genes from seedlings submitted to this condition. In this study it was verified that a negative effect of the water deficit on the germination and initial development of the seedlings occurs when the osmotic potential of -0.2 MPa is applied, however, there were no marked differences among the evaluated varieties. At the osmotic potential -0.6 MPa or higher there are no survival conditions after germination. Considering the transcriptional profile of ATG genes, there is a variation in the behavior and accumulation of transcripts of the genes according to the variety, the environmental condition and the analyzed tissue. Based on the results obtained it can be suggested that the autophagy process is involved in the response to the water deficit. The results obtained in this study bring new perspectives for maize improvement aiming at tolerance to water deficit.
Keywords: Zea mays
Seca
Variabilidade genética
Autofagia
Genes ATG
Genetic variability
Drought
Autophagy
ATG genes
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Citation: TEJEDA, Luis C. Déficit hídrico em plântulas de milho: aspectos morfológicos e moleculares. 2019. 74f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Agronomia. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas – RS, 2019.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4569
Issue Date: 19-Jun-2019
Appears in Collections:PPGA: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Chairez_2019_ultima versão_CP.pdf2,41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.