Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3680
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Poética na docência [corpo e território]
metadata.dc.creator: Cansi, Lislaine Sirsi
metadata.dc.contributor.advisor1: Requião, Renata Azevedo
metadata.dc.description.resumo: A presente pesquisa é resultado do reconhecimento e da posterior reflexão sobre experiências vivenciadas em dois territórios pertencentes ao Campo da Arte, o individual e privado, habitado pelo artista, e o coletivo e socializado, habitado pelo professor. Mais que de cada um é da aproximação de dois sujeitos, que constituem e se emergem nessas duas experiências territoriais, isto é, do processo de “reterritorialização”, quando pode emergir o artista-professor, sujeito composto que se instaura, em seu fazer e em seu pensar, para a presença cotidiana do que aqui se nomeia como poética na docência (e não a poética da docência, que encaminharia a discussão para outra abordagem). Para dar lugar a tal emersão, cumpri a difícil volta ao trabalho imersivo no ateliê, objetivando reaver a artista que sou, o reencontro com minha poética, e na compreensão de certo "pensamento poético particular", pressuposto pelo Campo da Arte. Sendo feito o percurso poético necessariamente de pesquisa, esse percurso carreado por certo contexto teórico, foram selecionadas duas categorias relevantes, o "corpo" e o "território", com as quais abordei a prática pedagógica envolvendo a Arte. Questões mais amplas, decorrentes da insistência pressuposta a esse processo de pesquisa, sobre o império do capital, sobre a exploração comercial do corpo, sobre a linguagem da fotografia (sua poética e seu uso nas redes sociais), bem como a possibilidade de considerar o território como um “espaço de apropriação”, o caminhar como uma forma de fazer arte, aliados, a categorias como território, deslocamento, memória e experiência, são discutidas sempre em torno daquelas duas categorias eleitas desde meu fazer poético visual ("corpo" e "território"). No que concerne especificamente ao Ensino da Arte, propostas de microintervenção, voltadas ao espaço escolar, em forma de oficinas, serviram de planejamento para confirmar algumas convicções. O método da cartografia e da A/R/Tografia foram incorporadas como procedimentos metodológicos. Esta pesquisa é apresentada em texto ensaístico, valorizando a reflexão em primeira pessoa; e segue um pensamento reflexivo, rizomático, construído a partir de teorizações de autores dos Campos da Arte, da Educação, da Literatura, da Filosofia e da Sociologia. Autores de diferentes épocas, de diferentes nacionalidades, e mesmo de diferentes status teórico. São interpolados na medida em que apoiam o pensamento reflexivo que, aqui, em linguagem, se faz. São eles: Katia Canton, Philippe Dubois, Luciano Vinhosa, Paula Sibilia, Henry Rousso, Denise Sant’anna, Michel Foucault, Pierre Nora, Roland Barthes, Guy Debord, Gilles Deleuze, Félix Guattari, Suely Rolnik, Virgínia Kastrup, Jorge Larrosa, Henri Bergson, Zygmunt Bauman, Belidson Dias e Rita Irwin.
Abstract: This research is the result of the recognition and subsequent reflection on experiences lived in two territories belonging to the field of art, individual and private, inhabited by the artist, and the collective and socialized, inhabited by the teacher. More than each is the approach of two subjects, which are and emerge in these two territorial experiences, that is, the process of "repossession" when can emerge the artist-teacher, subject compound that is established in its making and in their thinking, to everyday presence here is named as poetic in teaching (and not the poetics of teaching, which forwards the discussion to another approach). To make way for such emersion, performed the difficult return to work in the studio immersive, aiming repossess the artist that I am, the reunion with my poetic, and understanding of certain "particular poetic thought," presupposed by the art field. Being made the poetic route necessarily research, this route fraught certainly theoretical context, we selected two relevant categories, the "body" and "territory", with whom I discussed the pedagogical practice involving the art. Wider issues arising from the presupposed insistence at this process of research on the empire of the capital, on the commercial exploitation of the body, on the language of photography (his poetics and its use in social networks) as well as the possibility of considering the territory as an appropriation of space, walking as a way of making art, allies, categories such as territory, displacement, memory and experience, are always discussed around those two categories elected since my visual poetry do ("body" and "territory"). With specific regard to the Art Education, micro intervention proposals, aimed at school space, in workshops form, worked as planning to confirm some convictions. The method of mapping and A/R/Thrography were incorporated as methodological procedures. This research is presented in essayistic text, enhancing the reflection in the first person; and follows a reflective thought, rhizome, built from theorizing authors of Art, Education, Literature, Philosophy and Sociology fields. Authors from different times, from different nationalities, and even different theoretical status. Are interpolated as supporting the reflective thinking here in language as made. They are: Katia Canton, Philippe Dubois, Luciano Vinhosa, Paula Sibilia, Henry Rousso, Denise Sant’anna, Michel Foucault, Pierre Nora, Roland Barthes, Guy Debord, Gilles Deleuze, Félix Guattari, Suely Rolnik, Virgínia Kastrup, Jorge Larrosa, Henri Bergson, Zygmunt Bauman, Belidson Dias and Rita Irwin.
Keywords: Reterritorialização
Artista-professor
Corpo
Território
Territorial
Artist-teacher
Body
Territory
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Centro de Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais
Citation: CANSI, Lislaine Sirsi. Poética na docência [corpo e território]. 2016. 215f. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) – Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais, Centro de Artes, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2016.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3680
Issue Date: 31-Mar-2017
Appears in Collections:PPGAV: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lislaine_Sirsi_Cansi_Dissertacao_Artes_Poeticanadocencia.pdf10,22 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons