Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3070
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Controle do crescimento e desenvolvimento de pereiras pelo uso de prohexadiona cálcio e poda de raiz
Other Titles: Growth and development control of pear trees by the use of prohexadione calcium and root pruning
Authors: Carra, Bruno
metadata.dc.description.resumo: O excesso de crescimento vegetativo em pereiras é uma das principais preocupações dos produtores, pois resulta em sérios efeitos negativos no pomar, como a baixa formação de estruturas produtivas e competição com o crescimento dos frutos. A incerteza da mão de obra futura e o alto custo gerado pela poda mobilizam o desenvolvimento de pesquisas para reduzir o tempo de poda através de métodos mecânicos e substâncias químicas. A utilização de fitorreguladores é uma das alternativas mais promissoras para manejar o crescimento vegetativo de pereiras, sendo a prohexadiona cálcio (P-Ca) o principal deles. Outra técnica promissora no controle do crescimento vegetativo é a poda de raiz, que surge como uma alternativa ao uso de fitorreguladores. A P-Ca reduz o crescimento de ramos através do bloqueio da biossíntese de giberelinas, as quais regulam o crescimento longitudinal dos ramos. Já, a poda de raiz atua reduzindo o fluxo de nutrientes, água e hormônios para a parte superior da planta limitando o crescimento dos ramos. Sendo assim, o objetivo do presente estudo foi de avaliar o controle do crescimento vegetativo e a capacidade produtiva de pereiras em função da P-Ca e da poda de raiz. Dois experimentos foram conduzidos: 1) P-Ca foi aplicado em pereiras ‘Le Conte’ e ‘Smith’ em pomar comercial no município de Antônio Prado, RS, Brasil. Ambas cultivares foram tratadas com doses de 100, 200, 300 e 400 mg L-1 de ingrediente ativo (i. a.), aplicadas uma única vez na safra e também quando observado retorno do crescimento dos ramos; 2) Pereiras ‘Shinseiki’ foram submetidas à poda de raiz e à aplicação de P-Ca no campo experimental da Universidade Federal de Pelotas, RS, Brasil. As plantas foram submetidas à poda de raiz em um e dois lados, P-Ca nas doses de 300 e 600 mg L-1 de i. a. e poda de raiz em um lado da planta + P-Ca a 300 mg L-1 de i. a.. Todos os tratamentos com P-Ca receberam aplicação quando os ramos apresentavam 2,5-5 cm, sendo a poda de raiz realizada no final do mês de agosto, duas a três semanas antes do início da floração. Os resultados mais importantes são apresentados separadamente para cada experimento: 1) P-Ca foi eficiente na redução do crescimento dos ramos de pereiras ‘Le Conte’ e ‘Smith’, não sendo necessária a reaplicação do fitorregulador ao longo da safra em pereiras ‘Le Conte’. O mesmo não afetou a produção de ambas cultivares, mas o retorno da floração na cultivar Smith foi afetado negativamente. 2) A poda de raiz e a P-Ca foram eficientes na redução do crescimento vegetativo de pereiras ‘Shinseiki’, diminuindo a necessidade de poda verde e hibernal. No entanto, a capacidade produtiva de pereiras ‘Shinseiki’ foi afetada negativamente pela P-Ca na dose de 600 mg L-1, enquanto que a poda de raiz em um lado da planta + 300 mg L-1 de P-Ca reduziu a massa média dos frutos. Dessa forma a P-Ca e a poda de raiz são ferramentas de manejo promissoras para reduzir o crescimento de ramos e a necessidade de poda em pereiras, recomendando-se que sejam utilizadas separadamente.
Abstract: The excessive vegetative growth in pear trees is one of the major concerns of producers, because it results in serious negative effects on the orchard, such as low formation of productive structures and competition with fruit growth. The uncertainty of the future workforce and the high cost generated by pruning mobilize the development of research to reduce the time of pruning by mechanical resources and chemicals. The use of plant growth regulators is one of the most promising alternatives for handling the vegetative growth of pear and prohexadione calcium (PCa) is the main one. Another promising technique in the vegetative growth control is the root pruning, which is an alternative to the use of plant growth regulators. The PCa reduces shoot growth by blocking the biosynthesis of gibberellins, which regulate the longitudinal growth of the shoots. The root pruning works by reducing the flow of nutrients, hormones and water to the top of the plant, limiting the shoot growth. Thus, the aim of this study was to evaluate the control of vegetative growth and the productive capacity of pears depending on the P-Ca and root pruning. Two experiments were conducted: 1) P-Ca was applied in pear 'Le Conte' and 'Smith' in a commercial orchard in Antônio Prado, RS, Brazil. Both cultivars were treated with doses of 100, 200, 300 and 400 mg L-1 active ingredient (a. i.), the doses were applied once in the growth cycle and also when observed return of shoot growth; 2) Pear 'Shinseiki' was submitted to root pruning and application of P-Ca in the experimental field of Federal University of Pelotas, Brazil. The plants were treated with root pruning in one and two sides, P-Ca at doses of 300 and 600 mg L-1 a. i. and root pruning in one side of the plant + P-Ca 300 mg L-1 a. i.. All treatments with P-Ca application were done when the branches had 2.5-5 cm, and the root pruning occurred at the end of August, two to three weeks before the beginning of flowering. The most important results are presented separately for each experiment: 1) P-Ca was effective in reducing the shoot growth of pear 'Le Conte' and 'Smith', not requiring reapplication of the plant growth regulator during the crop in pear 'Le Conte '. The same did not affect the production of both cultivars, but the return bloom in cultivar Smith was negatively affected, decreasing the return of production. 2) The root pruning and P-Ca were effective in reducing the vegetative growth of pear 'Shinseiki', reducing both summer and winter pruning. However, the production capacity of pear 'Shinseiki' was negatively affected by the P-Ca 600 mg L-1, while the root pruning at a side of the plant + P-Ca 300 mg L-1 reduced the average fruit weight. Thus, the P-Ca and the root pruning are promising management tools to reduce shoot growth and the need for pruning in pear trees. It is recommended to use them separately.
Keywords: Pyrus sp.
Crescimento vegetativo
Controle de vigor
Capacidade produtiva
Redução de mão-de-obra
Poda
Vegetative growth
Vigor control
Production capacity
Reduction of labor force
Pruning
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Citation: CARRA, BRUNO. Controle do crescimento e desenvolvimento de pereiras pelo uso de prohexadiona cálcio e poda de raiz, 2015. 107f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Agronomia. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas,2015.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3070
Issue Date: 5-Mar-2013
Appears in Collections:PPGA: Dissertações e Teses



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons