Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/2133
metadata.dc.type: doctoralThesis
Title: Fenotipagem de porta-enxertos de pessegueiros para reação à Meloidogyne incognita (Kofoid e White) Chitwood (1949) e estudo da variabilidade genética com marcadores de microssatélites
Other Titles: Phenotyping of rootstock of peach for reaction to Meloidogyne incognita (Kofoid e White) Chitwood (1949) and study of the genetic variability of with microsatellites marker
Authors: Paula, Luciane Arantes de
metadata.dc.description.resumo: O Rio Grande do Sul (RS) é o principal produtor de frutas de caroço do Brasil, com aproximadamente 65% da área cultivada com pêssego do país. Esse destaque se deve a contribuição dos programas de melhoramento genético de novas cultivares copa, que possibilitou ampliar o período de colheita e a qualidade das frutas. Mesmo assim, a produtividade média no RS ainda é considerada baixa, principalmente devido à falta de conhecimento sobre fatores relacionados à incidência de pragas, doenças e a falta de porta-enxertos adequados para a cultura, pois ao contrário de outros países, no Brasil o melhoramento genético de porta-enxertos para frutíferas de caroço tem assumido importância apenas há poucos anos. Esta tese está dividida em três capítulos, sendo que o capítulo 1 teve como objetivo avaliar a reação de cinco porta-enxertos de pessegueiro à Meloidogyne incognita, em condições de casa-de-vegetação. Pode-se concluir que Seleção UFPel-0402‟, Okinawa‟, Flordaguard‟, Nagano Wild‟ e Seleção NR-0080407‟ são imunes a Meloidogyne incognita, podendo ser utilizados em programas de melhoramento genético de porta-enxertos de pessegueiro e também como alternativa de uso para implantação de pomares em áreas com ocorrência da praga. A resistência do Nagano Wild‟ necessita de estudos complementares para identificar, de forma mais clara, a amplitude dessa característica. No capítulo 2 objetivou-se avaliar a variabilidade genética e diferenciar 14 porta-enxertos de pessegueiro, estabelecendo-se um padrão molecular de caracterização para cada genótipo, baseado em locos de SSR, SCAR e STS, para futuros trabalhos de melhoramento genético. Neste estudo concluindo-se que marcadores de microssatélites permitem estabelecer com relativa facilidade um padrão molecular de genótipos de porta-enxertos de pessegueiro e resolver problema de homonímia, a exemplo dos genótipos de Okinawa avaliados, bem como seu uso permite verificar quais genótipos são mais contrastantes para uso em melhoramento genético. O capítulo 3 teve como objetivo estimar freqüências de recombinação, entre marcadores moleculares e o caractere cor de folha, a partir da análise de uma população F2 segregante ( Capdeboscq‟ x Flordaguard‟), e também verificar se a ligação ocorre de forma similar ao obtido em outras populações de mapeamento. Foram avaliados nove locos de microssatélites, sendo possível verificar, com base nos dados do presente trabalho e em mapas moleculares para Prunus spp. disponíveis na literatura, que os marcadores UDP96-013 e BPPCT-034 estão ligados em diferentes populações de mapeamento, sendo potenciais candidatos para uso na seleção de novos genótipos resistentes à M. incognita.
Abstract: The Rio Grande do Sul state (RS) represents great importance in the stone fruit, with approximately 65% of the area cultivated with peach country. This should highlight the contribution of the breeding of new cultivars crown, which extend the period allowed for collection and quality of fruit. Still, the average productivity in the RS is still considered low, mainly due to lack of knowledge about factors related to incidence of pests, diseases and lack of root stock suitable for cultivation, because unlike other countries, the improvement in Brazil genetic of the rootstocks for stone fruit of importance has taken only a few years ago. This thesis is divided into three chapters, with chapter 1 was to evaluate the reaction of five peach rootstocks, from front to inoculation with Meloidogyne incognita, in a home-de-vegetation. And we can conclude that 'Selection UFPel-0402', 'Okinawa', 'Flordaguard', Nagano Wild‟ and 'Select NR-0080407' are immune to Meloidogyne incognita, and may be used in genetic improvement programs for the rootstocks of peach and as alternative use for the deployment of orchards in areas with occurrence of the pest, and the strength of the 'Nagano Wild' needs further studies to identify more clearly this characteristic. Chapter 2 objective evaluated the genetic variability and differentiation of 14 rootstocks, peach, setting a standard for molecular characterization of each genotype, based on loci of SSR, SCAR and STS, for future work on genetic improvement and it is concluded that markers of microsatellites can be relatively easily a pattern of molecular genotypes of the rootstocks of peach and solve problem of homonymy, the example of the evaluated genotypes of Okinawa, and shows which are more contrasting genotypes for use in breeding. Chapter 3 objective to estimate frequencies of recombination among molecular markers, and the color of leaf, from the analysis of a F2 segregating population ('Capdeboscq' x 'Flordaguard'), and check if the connection is similar to that obtained in other mapping populations. It can be concluded that based on molecular maps for Prunus spp. available in the literature and from results obtained in this work, it was concluded that the markers UDP96-013 and BPPCT-034 are linked in different mapping populations, and potential candidates for use in the selection of new resistant genotypes to Meloidogyne spp. .
Keywords: Prunus persica
Porta-enxertos
Melhoramento genético
Caracterização molecular
Meloidogyne incognita
Prunus persica Batsch.
Rootstocks
Plant breeding
Molecular characterization
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Citation: PAULA, Luciane Arantes de. Phenotyping of rootstock of peach for reaction to Meloidogyne incognita (Kofoid e White) Chitwood (1949) and study of the genetic variability of with microsatellites marker. 2009. 74 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2009.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2133
Issue Date: 23-Jul-2009
Appears in Collections:PPGA: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Luciane_Arantes_de_Paula.pdf838,66 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.