Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/2080
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Genótipos de aveia branca (Avena sativa L.) submetidos a diferentes protocolos e doses de alumínio em cultivo hidropônico.
Other Titles: White oat genotypes (Avena sativa L.) subjected to different methodologies and aluminum levels under hydroponic conditions.
Authors: Crestani, Maraisa
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, José Antonio Gonzalez da
metadata.dc.description.resumo: O emprego de avaliações em ambiente controlado, como o cultivo hidropônico, tem despertado grande interesse dos melhoristas na seleção de plantas tolerantes ao alumínio (Al), pois além da fácil visualização do dano em estádios iniciais de desenvolvimento das plantas, representa um método não destrutivo e que fornece resultados altamente correlacionados aos obtidos em condições de campo. Diferentes metodologias de avaliação quanto à tolerância ao Al em condições de hidroponia têm sido adotadas. No entanto, se faz necessário um entendimento mais aprimorado destas técnicas de seleção a fim de otimizar a obtenção de genótipos tolerantes. A restrição do crescimento radicular tem se tornado a base dos procedimentos de avaliação da tolerância ao Al em aveia branca sob cultivo hidropônico, contudo, a análise da expressão de outros caracteres em nível de plântula pode viabilizar a seleção indireta para este caráter, ou mesma a adoção de análises envolvendo vários caracteres morfológicos simultaneamente. Neste sentido, cultivares de aveia branca padrão para a tolerância ao Al foram submetidas a diferentes protocolos e doses de Al em condições de hidroponia visando determinar a técnica mais efetiva na identificação de plantas superiores para o caráter tolerância ao Al com base no comprimento de raiz, além de verificar a relação entre caracteres em nível de plântula e o desempenho simultâneo na discriminação da tolerância ao Al pelo emprego de estatística multivariada. O delineamento experimental adotado foi o completamente casualizado com três repetições, adotando três protocolos de avaliação: solução nutritiva completa tendo Al fornecido na fonte Al2(SO4)3.18H2O, nos níveis 0, 8, 16 e 32 mg L-1 de Al; solução nutritiva completa e Al adicionado no sal AlCl3.6H2O; e o protocolo solução nutritiva mínima , com Al fornecido na fonte AlCl3.6H2O, nos níveis 0, 1, 3 e 5 mg L-1. Os protocolos caracterizados pela adoção de Al à solução nutritiva completa por meio de distintas fontes são altamente eficientes na identificação de genótipos de aveia branca tolerantes e sensíveis ao Al tóxico com base no comprimento da raiz em condições de hidroponia. O desempenho dos caracteres de plântula está altamente relacionado com o comprimento de raiz em aveia branca quando submetidos ao efeito tóxico do Al em condições de hidroponia, sendo que a composição da solução nutritiva e as fontes de Al empregadas interferem nesta relação. O estudo com base na análise conjunta dos caracteres em nível de plântula não permite a eficiente discriminação de genótipos de aveia branca quanto à tolerância ao Al tóxico em cultivo hidropônico quando há relação de dependência entre as variáveis consideradas.
Abstract: The ability to perform experiments under controlled conditions employment of evaluations in controlled environment such as hydroponic culture has attracted crop breeders attention regarding the selection of aluminum (Al) tolerant plants. This strategy facilitates the detection of plant injuries in early stages of development, representing a non-destructive method. Also, the results obtained are highly correlated to field performances of tested genotypes. Different methods have been used to study aluminum tolerance in hydroponic conditions. However, it is necessary to improve the understanding of these techniques in order to optimize their efficiency. Stalling of root growth has become the basis of major procedures evaluating aluminum tolerance of white oat genotypes in hydroponic culture. However, the expression of other characters in plantlets can be associated to tolerance and may turn out to facilitate the indirect selection for this character. Also, this could lead to the adoption of analyses involving all morphological characters. Therefore, standard white oat genotypes were subjected to different methods and Al levels under hydroponic conditions aiming to establish the most effective technique to identify superior aluminum tolerant plants based on root length. In addition, this study aimed to verify the relationship between plantlet characters and their performance in the aluminum tolerance characterization using multivariate statistics. The experimental design was complete randomized blocks with three replications, using three methods: complete nutrient solution with 0, 8, 16 and 32 mg L-1 of Al supplied as Al2(SO4)3.18H2O; complete nutrient solution with 0, 8, 16 and 32 mg L-1 of Al supplied as Al2Cl3.6H2O; and the minim nutrient solution with 0, 1, 3 and 5 mg L-1 of Al supplied as Al2Cl3.6H2O. The complete nutrient solution methods are efficient to identify aluminum tolerant white oat genotypes based on root length. The performance of the plantlet characters is highly correlated with root length in white oat genotypes subjected to the aluminum stress under hydroponic conditions. The nutrient composition and the Al sources employed influence the plant responses. The study based on the joint analysis of plantlet characters does not allow the efficient discrimination of white oats genotypes regarding their level of aluminum tolerance in hydroponic culture when there is a relationship of dependence between the variables.
Keywords: Toxidez por alumínio
Solução nutritiva
Comprimento da raiz
Caracteres de plântula
Correlação
Análise multivariada
Aluminum toxicity
Nutrient solution
Root length
Plantlet characters
Correlation, multivariate analysis
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Citation: CRESTANI, Maraisa. White oat genotypes (Avena sativa L.) subjected to different methodologies and aluminum levels under hydroponic conditions.. 2008. 112 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2008.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2080
Issue Date: 29-Aug-2008
Appears in Collections:PPGA: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Maraisa_Crestani.pdf693,8 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.