Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/2078
metadata.dc.type: doctoralThesis
Title: Recursos genéticos de arroz (Oryza sativa L.) no sul do Brasil.
Other Titles: Rice genetic resources (Oryza sativa L.) in southern Brazil.
Authors: Magalhães Júnior, Ariano Martins de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Barbieri, Rosa Lia
metadata.dc.description.resumo: A ampla adaptabilidade do arroz, aliada ao continuado esforço da pesquisa no mundo, assegura que o seu grão permaneça sendo um importante produto de consumo pelo homem. A influência da seleção natural resultou em uma ampla diversidade encontrada no gênero Oryza, que, atualmente, é composta por 23 espécies. No entanto, apenas O. sativa L. (arroz cultivado asiático) e O. glaberrima (arroz cultivado africano) vem sendo exploradas na alimentação humana, portanto, sob forte efeito da seleção artificial. O processo de domesticação do arroz resultou na seleção de caracteres agronômicos importantes para o melhor desempenho das plantas em determinado ambiente. Isto resultou no chamado efeito de afunilamento em termos de diversidade genética, ou seja, a partir de um background genético bastante rico, alguns grupos de genes de interesse vão sendo mantidos na população e outros eliminados. Assim sendo, o objetivo deste trabalho foi ampliar a base genética do arroz no Sul do Brasil, através de coletas e introduções, caracterização dos acessos e estudo da distância genética existente entre eles. Os resultados revelaram um número limitado de coletas de genótipos de arroz no Rio Grande do Sul, sendo esta, basicamente, restrita a pequenos produtores que ainda mantém genótipos antigos para sua subsistência. Grande área do Estado é cultivada com variedades modernas do tipo filipina. No entanto, os genótipos resgatados apresentaram variabilidade genética para um grande número de caracteres avaliados, podendo servir como fonte de genes aos programas de melhoramento genético da cultura. Os descritores utilizados na análise multivariada foram eficientes para separar os acessos coletados, identificar duplicações na coleção, bem como na fenotipagem da coleção. O método de estimativa da distância genética utilizado, baseado na matriz de distâncias de Mahalanobis (D2), indicou um agrupamento das cultivares lançadas pela Embrapa Clima Temperado, sendo revelada pouca variabilidade genética entre estas. As matrizes de distância genética entre os genótipos com base nos caracteres qualitativos aferidos a campo, em casa-devegetação e a conjunta de ambos os ambientes, evidenciaram associação elevada entre si, indicando que possivelmente a avaliação destes caracteres poderá ser realizada efetivamente sob apenas um dos critérios. Esta mesma afirmativa foi observada para os caracteres quantitativos.
Abstract: The worldwide adaptability of rice, allied to constant research efforts, reassures its grain a place among the major staple foods for humankind. The influence of natural selection resulted in a wide diversity in the Oryza genus, which is currently composed by 23 species. On the other hand, only O. sativa L. (asian cultivated rice) and O. glaberrima (african cultivated rice) have been used for human consumption, therefore, subjected to artificial selection. The process of domestication in rice has selected important agronomic characters for better plant performance in specific environments, resulting in a bottleneck effect on the genetic diversity. This effect makes a change in the initial gene pool, keeping some selected genes and eliminating others. Thus, the objective of this work was to amplify the genetic basis of rice in southern Brazil, through collections and introductions, characterization of accessions and estimation of genetic distances between accessions. The results revealed a limited number of rice landraces in the state of Rio Grande do Sul. These landraces are found in small farms that still keep these genotypes for their own consumption. A large area of the state is cultivated with modern phillipine-type varieties. However, the rescued landrace genotypes present genetic variability for a large number of the evaluated characters, and may serve as source of genes for breeding programs. The descriptors used for the multivariate analysis were efficient to distinguish the collected accessions, to identify duplicated genotypes in the collection as well as for phenotyping the whole collection. The estimate of genetic distance was obtained using Mahalanobis (D2), distance, which indicated a tight clustering of cultivars released by Embrapa Temperate Climate. The genetic distance matrices based on field- and greenhouse-measured qualitative characters as well as on the joint analysis showed high degree of association, indicating that many characters can be selected based on only one of these criteria. Similar results were obtained for quantitative characters.
Keywords: Dissimilaridade genética
Descritores
Coletas
Melhoramento genético
Genetic dissimilarity
Descriptors
Collections
Plant breeding
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Citation: MAGALHÃES JÚNIOR, Ariano Martins de. Rice genetic resources (Oryza sativa L.) in southern Brazil.. 2007. 160 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2007.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2078
Issue Date: 17-Apr-2007
Appears in Collections:PPGA: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Ariano_Martins_Magalhaes.pdf851,02 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.