Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/2071
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Bases genéticas de caracteres quantitativos em diferentes populações de aveia (Avena sativa L.)
Other Titles: Genetic basis of quantitative traits in different oat (Avena sativa L.) populations
Authors: Valério, Igor Pirez
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Oliveira, Antonio Costa de
metadata.dc.description.resumo: Nos trabalhos realizados com a cultura da aveia, diversos mecanismos têm sido propostos com o objetivo de maximizar os ganhos obtidos em diferentes caracteres métricos (quantitativos), principalmente em gerações segregantes, onde se espera maior ocorrência de interações gênicas. Por outro lado, grande valor tem sido dado na escolha ajustada ao ambiente das constituições genéticas que farão parte do estudo, potencializando, desta forma, combinações com maior ajuste as condições de avaliação. A pesquisa teve como objetivo geral determinar os parâmetros genéticos de caracteres quantitativos em aveia, com devida escolha de genitores e constituições genéticas com elevado potencial produtivo, que apresentem previsibilidade de comportamento. Foram realizados dois trabalhos: o primeiro testou a estabilidade de diferentes populações de aveia com base nas estimativas da capacidade geral e específica de combinação envolvendo cinco genitores. Os resultados indicaram o grande potencial dos genótipos avaliados para uso do melhorista, com o objetivo de inferir sobre o efeito de capacidade geral de combinação, com grande previsibilidade de desempenho. Contudo, na identificação das melhores constituições genéticas com base na estabilidade do efeito de capacidade específica de combinação, o uso de avaliações em diferentes gerações e anos de cultivo foi determinante. Além disto, cruzamentos específicos entre genótipos de aveia podem ser eficientes em caracteres relacionados à produção de grãos, via seleção indireta para o caráter, com base nos parâmetros estatísticos considerados, conforme verificado para UPF 16 / UPF 18, UPF 16 / UFRGS 17 e UPF 16 / UFRGS 7, para número de panículas por planta, peso de panícula e número de grãos por panícula, respectivamente. O segundo tratou de estimar os parâmetros genéticos envolvidos no caráter rendimento de grãos e seus componentes, por meio da análise de diferentes gerações, fornecendo ferramentas para a seleção de constituições genéticas com elevado potencial produtivo logo nas primeiras gerações de autofecundação. Pode ser verificada a presença de interações epistáticas significativas para o caráter produção de grãos por planta, sendo estas determinantes no conhecimento dos efeitos gênicos envolvidos em cada cruzamento. Por outro lado, os dados evidenciam que cruzamentos específicos entre genótipos de aveia, podem proporcionar ganhos elevados na seleção em gerações iniciais, conforme verificado para produção de grãos por planta, com UPF 16 / UPF 18 e UPF 18 / UFRGS 7, por apresentar apenas a interação aditividade x aditividade como o efeito epistático significativo, podendo alcançar maiores ganhos na seleção. Além disto, os caracteres número de panículas por planta e peso de panícula evidenciaram menor complexidade nos efeitos gênicos estimados, sendo, portanto, de maior efetividade na seleção. Neste sentido, o cruzamento UPF 18 / UFRGS 17 revela o maior destaque, em virtude do efeito dominância não ser significativo, mesmo que o cruzamento apresente a maior participação da variância de dominância na variância genética do caráter. Já em relação ao caráter peso de panícula, pode ser destacado o cruzamento de UPF 18 / UFRGS 7, pela maior participação do efeito aditivo do que o efeito de dominância no controle genético do caráter.
Abstract: In the investigations performed with the oat crop, many mechanisms have been proposed with the goal of maximizing the genetic gains in different quantitative traits, especially on segregating populations, where a greater level of genetic interaction is expected. On the other hand, great value has been attributed to the right choice of environmentally adapted genotypes, increasing the potential of making the best selections. The research had, as a general goal, to determine the genetic parameters of quantitative traits in oats, with the choice of parents and genotypes with high yield potential and predictable behavior. Two experiments were carried on: the first consisted on a stability test of different oat populations based on the general and specific combining ability estimates from five genotypes. The results indicate the great potential of the evaluated genotypes for the breeder s use aiming to infer about general combining ability, showing high predictability in their performances. However, on identifying the best genotypes by specific combining ability effects, evaluations in different generations and years was essential for obtaining more precise results. Nevertheless, specific crosses between oat genotypes can be efficient for traits related to grain yield, via indirect selection for the trait. Based on the statistical parameters evaluated, as observed for UPF 16 / UPF 18, UPF 16 / UFRGS 17 and UPF 16 / UFRGS 7, for number of panicles pe plant, panicle weight and number of grains per plant, respectively. The second experiment aimed to estimate the genetic parameters involved in the trait grain yield and its components, through the analysis of different generations, supplying tools for the selection of high yield potential genotypes at early selfing generations. Significant epistatic interaction can be observed for the trait grain yield per plant and those are essential for the understanding of the genic effects involved in each cross. On the other hand, the results suggest that specific crosses between oat genotypes can result in large gains for the selection at early generations, as seen for grain yield per plant for UPF 16 / UPF 18 and UPF 18 / UFRGS 7. These crosses presented only the interaction additive x additive as a significant epistatic effect, being able to produce larger genetic gains. Additionally, the traits number of panicles per plant and panicle weight showing lower complexity on the estimated genic effects, being their selection more effective. Thus, the cross UPF 18 / UFRGS 17, calls for attention, since the dominance effect is non significant, even if the cross presents a larger participation of dominance variance in the genetic variance of the trait. Regarding the trait panicle weight, the cross UPF 18 / UFRGS 7 can be highlighted, because it shows a higher participation of the additive comparing to the dominance effect on the genetic control of the trait.
Keywords: Ação gênica
Melhoramento genético
Análise dialélica
Herdabilidade
Agronomia
Genic action
Breeding genotypes
Diallel analysis
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Citation: VALÉRIO, Igor Pirez. Genetic basis of quantitative traits in different oat (Avena sativa L.) populations. 2006. 80 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2006.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2071
Issue Date: 20-Dec-2006
Appears in Collections:PPGA: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao_igor_valerio.pdf399,54 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.