Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/743
Tipo: Working Paper
Título: A Lei da Anistia como forma de esquecimento
Autor(es): Sant’Anna, Paulo Vianna
Abstract: A busca do “perdão” por parte do Estado Democrático Brasileiro” àqueles que durante o golpe militar de 1964, retorna atualmente com força total, uma vez que, parentes de vítimas e sobrevivente deste episódio, ainda lutam por suas liberdades ceifadas durante os “anos de chumbo” no Brasil. Este trabalho visa analisar o papel que a Lei da Anistia de 1979, elaborada ainda durante a Ditadura Militar, tem quanto a reparação dos danos físicos e psicológicos às vítimas deste momento político brasileiro. Em primeira instância, parece que a Lei da Anistia procura aplacar ou até mesmo “fazer esquecer” o sofrimento, a dor, a angústia sofridos por aqueles que não aceitaram a censura, a repressão, a proibição à liberdade de expressão, enfim, procura através de indenizações monetárias, absolver os carrascos destes indivíduos que ainda levam marcas daquele período.
Palavras-chave: Lei da anistia
Memória
Esquecimento
Citação: SANT'ANNA, P.V. A Lei da Anistia como forma de esquecimento. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE MEMÓRIA E PATRIMÔNIO, 5, 2011, Pelotas. Anais...Pelotas: Editora da UFPel, 2011. p.913-917
URI: http://hdl.handle.net/123456789/743
Data do documento: 2011
Aparece nas coleções:Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural: Trabalhos em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
A lei da anistia como forma de esquecimento.pdf3,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.